13 Feb18:50

“Mochila-Pirulito” é destaque na estratégia de abordagens a foliões no Carnaval

Uma das novidades da Prefeitura para a folia deste ano já apresenta resultados antes mesmo do Carnaval terminar. A utilização de "mochilas-pirulito", um acessório de identificação acoplado às costas dos integrantes das equipes de rua da Ouvidoria Geral do Município é apontado pelo órgão como importante estratégia na captação de informações junto ao folião nos principais circuitos da festa.

Em seis dias de utilização do novo equipamento, entre 8 e 13 de fevereiro, foram contabilizadas 5,1 mil abordagens, contra cerca de 4,5 mil registradas na folia de 2017 inteira, tudo isso em conjunto com os dados computados pelas equipes do Fala Folião, que funciona 24 horas e é totalmente gratuito através do telefone 156.

No total, são 30 agentes da Ouvidoria divididos em dez equipes espalhadas pelos principais circuitos da folia, além de balcões fixos em pontos estratégicos, como Elevador Lacerda, Campo Grande e Barra. Em números totais - aí inclusas solicitações de rotina -, a Ouvidoria já contabiliza 11.915 registros, sendo 57% de demandas convencionais e 43% referentes ao Carnaval.

As principais motivações das abordagens dizem respeito a pedidos de informação/orientação, solicitação de serviços e sugestões. "Tem sido imediato o retorno desta ação, visto que obtivemos, antes mesmo do final da festa, um número muito superior ao que foi registrado no ano passado. Tudo isso fruto desse trabalho de aproximação ao folião, que se reflete também nos indicadores referentes às principais demandas que os foliões têm apresentado", destaca o titular da pasta, Humberto Viana.