15 Feb19:42

Atendimento da Codecon no Carnaval cresce 34% em relação a 2017

A Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), realizou 1.914 ações entre notificações, infrações, vistorias e atendimentos ao consumidor durante o Carnaval 2018. O número equivale a um aumento de 34% em relação à folia momesca do ano passado. A operação teve o intuito de inibir irregularidades e o descumprimento de normas.

As principais irregularidades encontradas foram ausência de placa antifumo, produtos com prazo de validade vencido e ausência de etiqueta nas mercadorias. De acordo com o diretor da Codecon, Alexandre Lopes, o órgão teve um crescimento operacional significativo neste ano. “O aumento foi por conta da estratégia adotada pela equipe. Intensificamos as ações nas principais áreas dos circuitos. Com isso, alcançamos um maior número de estabelecimentos e, consequentemente, levamos mais segurança para o consumidor”.

A operação de fiscalização para o Carnaval 2018 começou no dia 8 de fevereiro e foi encerrada na Quarta-feira de Cinzas (14). Na terça-feira (13), último dia de Carnaval, a Codecon realizou 73 vistorias em estabelecimentos, não encontrando irregularidades, e foram expedidas 13 notificações e um auto de infração. Além disso, foram realizados 16 atendimentos no Balcão do Consumidor, localizado na Praça Municipal.

Com um caráter educativo e fiscalizador, a operação Carnaval foi realizada por 35 colaboradores do órgão, nos circuitos Batatinha (Pelourinho), Dodô (Barra/Ondina) e Osmar (Campo Grande), além do Balcão do Consumidor.