13 Feb22:05

Hit do Psirico faz o Campo Grande tremer no último dia de folia

No último dia de folia, a ordem do Psirico era descer até o chão e a galera obedeceu. “Eu gosto da energia de Marcio Victor, mas acompanho de longe”, disse a estudante de Engenharia Sanitária Andreia Lima, de 28 anos, que curtiu com o namorado. Quem estava coladinho no trio foi o cabeleireiro Julimar da Cruz, 51 anos, “Todo ano é assim sem medo de errar. Psirico é liberdade”, enfatizou.

Cada vez que o trio se movimentava o convite era feito, “Todo mundo pra cá que é pipoca”. E o povo não se fez de rogado seguiu o “Psi,” como é carinhosamente chamado pelos fãs. Ao entrar no Campo Grande a banda fez uma homenagem à mamãe Ivete Sangalo tocando “No groove” e fez todo mundo dançar. Mas o espaço fiou pequeno mesmo quando Marcio Victor interpretou a música que considera a melhor do Carnaval, “Popa da bunda”. A mulherada acompanhou o batidão.

Diante do camarote do prefeito ACM Neto, o vocalista fez um balanço da festa, “Hoje acordei chorando de emoção, realizado por tudo que a gente vem realizando, tudo de bom que vem acontecendo na cidade da gente. Queria dizer do fundo do meu coração, com toda humildade, que levantem as duas mãozinhas para cima e batam palmas para o meu prefeito ACM Neto. A gente sabe o quanto é difícil manter e realizar essa mudança que aconteceu na cidade da gente. Há muito tempo atrás a gente sentia a cidade abandonada, a cidade triste, a cidade que não tinha características da cidade de Salvador", disse o músico.