11 Feb15:24

Módulos de saúde seguem com redução nos atendimentos nos circuitos da folia

Da noite de quarta-feira (07) até às 6hde hoje (11), foram registrados 1.912 atendimentos nos Módulos de Assistência à Saúde instalados nos circuitos oficias do Carnaval. Os dados indicam uma redução de 5% quando comparado ao ano passado, onde foram registrados 2.011 ocorrências. A principal causa das admissões foram os casos de intoxicação alcoólica (249), seguido das agressões físicas (234) e cefaleia (150).

Outro destaque positivo fica pela redução das ocorrências ligadas aos episódios de violência nos circuitos. Houve um decréscimo de 18% nos atendimentos decorrentes de agressão física em relação a 2017.

O alto índice de resolutividade e eficiência dos serviços prestados nos módulos de assistência à saúde instalados pela Prefeitura também tem chamado a atenção. Dos 1.912 atendimentos realizados desde o início da folia, foram realizadas apenas 59 transferências para unidades de retaguarda, o que representa somente 3% dos casos. As UPAs municipais tem sido as principais referências para as transferências, absorvendo mais de 48% das demandas oriundos do Carnaval.