07 Feb20:19

Palco Multicultural leva ritmos diversos para o Carnaval a partir desta sexta (9)

Os foliões que vão para as ruas curtir o Carnaval de Salvador contarão com atrações para todos os gostos, desde o tradicional axé até o rock. Agregando ritmos como o reggae, rock, hip-hop, rap e outras vertentes, têm início nesta sexta-feira (9) as atrações especiais do Palco Multicultural, montado no Terreiro de Jesus (Circuito Batatinha), no Centro Histórico.

Em seu terceiro ano, o espaço vai receber 22 atrações diversas até a próxima terça-feira (23). O agito começa às 19h, com exceção do primeiro dia (sexta-feira), quando a programação tem início às 16h, e do último dia (terça-feira), com início programado para as 18h. Os shows vão invadir as noites do público alternativo até as 23h30. Apenas no primeiro dia, as apresentações musicais terminarão um pouco mais cedo, às 22h.

Para a sexta, uma programação de maestros e bandas orquestradas trará uma mistura única entre a música clássica, o axé e o pagode. A primeira banda a se apresentar será a Sanbone, que tornou possível o inusitado: tocar pagode como música sinfônica. A ideia surgiu de Hugo San, um dos trombonistas da Orkestra Rumpillez. A tarde e a noite seguem com as apresentações de Sérgio Benutti, Zeca Freitas, Paulo Primo e Fred Dantas, que encerra a noite com músicas instrumentais em ritmo de Axé Music e de marchinhas de carnaval.

Uma das atrações mais esperadas é a banda Diamba, que esquenta os espaços alternativos da cidade com o Reggae Music. Esse ano, a banda vai tocar pela segunda vez no Palco Multicultural, por volta das 22h, no domingo. Completando 22 anos de estrada, em 2018, a banda segue com sucessos inesquecíveis como ‘Loucura Maior’, ‘Eu Piro Quando Você Passa’ e as atuais ‘Risca na Pista’ e ‘A Vida é Bela Para Quem Sabe Amar’, do disco Setas Indicam a Direção, de 2016.

Para o vocalista Duda Sepúlveda, esta apresentação representa muito para a banda. “É o palco da diversidade, dos coletivos e fazer parte disso não tem preço! Cada ano ele está melhor e mais forte! Preparamos um super show, com muitos clássicos, e o melhor: com muito amor para toda galera que sempre vai lá fortalecer”, disse.

O Palco Multicultural foi criado em 2016 pela Empresa Salvador Turismo (Saltur) para proporcionar apresentações de estilos musicais alternativos aos que já circulam nos circuitos Dodô (Barra-Ondina) e Osmar (Centro), como o hip-hop, reggae, rap, pop, dub, dancehall e música clássica. Chama-se Multicultural por causa da grande quantidade de estilos musicais diferentes e por reunir pessoas de várias tribos em um mesmo espaço.

Confira a programação completa em www.salvadormeucarnaval.com.br.

Como chegar – Será possível ir de ônibus até o Comércio ou até a Avenida Lafayete Coutinho e subir para o Centro Histórico, se utilizando do Elevador Lacerda ou de um dos Panos Inclinados, que terão pleno funcionamento durante o Carnaval. O Elevador Lacerda funcionará de forma gratuita a partir das 6h, desta quinta-feira (8) e até as 12h da quarta-feira de cinzas (14).

O Plano Inclinado Liberdade-Calçada também será gratuito entre os dias 8 e 13 de fevereiro, das 6h às 22h. Os Planos Inclinados Gonçalves (do Comércio à Praça da Sé) e Pilar (do Comércio ao Santo Antônio Além do Carmo) funcionarão na terça (8) e na quarta (9), das 7h às 19h; na quinta-feira (10), das 7h às 12h; e retornam na terça-feira (14), a partir das 9h e com horário de funcionamento normal, até as 19h.

Estacionamento – A partir dessa quinta-feira (8) e até a quarta-feira de cinzas a Superintendência de Trânsito do Salvador (Transalvador) disponibilizará estacionamentos fechados em São Raimundo, Barroquinha e na Praça Cairu. As vagas custam R$ 30. Também haverá Zona Azul nas Avenidas Estados Unidos, da França, Joana Angélica e J.J. Seabra; nas Ruas da Conceição da Praia, Portugal, da Mouraria e do Salete; e na Ladeira do Salete e Vale dos Barris. As vagas da Zona Azul custam R$ 20.