09 Feb18:33

Pôr do Sol na Praça Castro Alves terá três dias de atrações

“A Praça Castro Alves é do povo como o céu é do avião”, já dizia o verso da música “Um frevo novo”, lançada na década de 1970 por Caetano Veloso. Se naquela época a praça já era referência, muito mais nos dias atuais, quando foliões se concentrarão no espaço para curtir três dias especiais de Carnaval. O local volta a receber o projeto Pôr do Sol da Prefeitura, que neste ano unirá diversos artistas.

O Pôr do Sol na Castro Alves começa domingo (11), às 18h, com o guitarrista Pepeu Gomes e Baby do Brasil. A cantora tem como sua marca a ousadia criativa e a sua performance de artista única no seu estilo, ao marcar décadas com interpretações de sucesso que vão do rock ao MPB.

Às 20h30, Moraes Moreira e Davi Moraes animam os foliões com toda a magia característica do frevo, do baião, do samba, do choro e até mesmo música erudita. Na segunda (12), um dos grupos de sucesso do momento, o Àttøøxxá, levará um repertório, que passeia pelo pagode, pop e música eletrônica. “Vai ser lindo puxar trio naquela visão sensacional de Salvador. Vamos fazer um som pesado na Castro Alves”, convoca Rafa Dias, DJ e produtor do grupo.

Armandinho encerra a grade de programação do Pôr do Sol na Castro Alves na terça (13), às 18h. O artista vai agitar o público com sucessos da carreira e, claro, no seu estilo inconfundível de tocar a guitarra baiana.

“O Pôr do Sol é um projeto criado recentemente e que deu muito certo. Este ano prolongamos as atrações, que antes aconteciam em um único dia, para que pudesse acontecer três vezes no Carnaval. A ideia é garantir que mais pessoas sentissem a vibração e a energia do que é pular o Carnaval em um dos cartões-postais mais bonitos da cidade”, ressalta o presidente da Saltur, Isaac Edington.