26 Jan17:27

Prefeitura realiza monitoramento da qualidade da água nos circuitos do Carnaval

Dando continuidade às ações pré-carnaval, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio da Vigilância em Saúde Ambiental (VISAMB), já intensifica o monitoramento da qualidade da água em camarotes, pousadas, hotéis e restaurantes localizados nos circuitos tradicionais da folia. A atividade visa garantir que baianos e turistas não contraiam doenças através do consumo de água imprópria.

“As operações deflagradas pela Vigilância Ambiental no período pré-carnavalesco trazem impacto direto no sistema de saúde de nossa cidade, evitando internações em decorrência de doenças de veiculação hídrica, como as diarreias, que tiveram uma redução de cerca de 80% pós folia do ano passado, por exemplo, ratificando a importância de ações preventivas”, explicou Lourenço Oliveira, coordenador da VISAMB.

Desde o início do ano, os técnicos do órgão já inspecionaram mais de 120 estabelecimentos espalhados palas regiões da Barra, Ondina, Campo Grande e Centro Histórico. Os locais onde são detectadas amostras fora do padrão de potabilidade são orientados a resolver as inconformidades num prazo de 24 horas, quando a equipe da VISAMB retorna ao local para uma reinspeção.

“Uma parte dos estabelecimentos visitados apresentaram problemas com teor baixo de cloro ou turbidez. Quando encontradas irregularidades, o órgão solicita a imediata correção da inconformidade para que sejam mantidas as propriedades físico-químicas e microbiológicas da água”, afirmou Lourenço.

A contaminação da água registra todo ano, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo menos dois milhões de óbitos no mundo. No Brasil, aproximadamente 28 mil pessoas morrem anualmente por este motivo ou por doenças relacionadas à falta de tratamento da água e esgoto. Para evitar o problema de saúde pública, o cuidado e controle da qualidade desse bem é importante para a vida humana.